Família venezuelana chega ao Paraná após percorrer 6 mil km

Com pouco mais de R$ 2 mil no bolso e a bordo de um Fusca 1972, a família Cardozo deixou a Venezuela em busca de esperança no Brasil.

A viagem do casal e dos dois filhos, foi longa e bastante sofrida, mas terminou bem do jeito que eles haviam sonhado.

Mudança em família para o Brasil: saiba como tudo começou! 

 Toda essa aventura começou no 2018, ao deparar-se com o desemprego Ronny Cardozo, o pai da família relatou ter se esforçado para lutar frente a crise da Venezuela, entretanto a situação no país de origem logo chegou ao limite para eles. 

A inflação na Venezuela só aumentava, logo concluíram que seria impossível continuar comprando alimentos naquelas circunstâncias.

Foi a partir disso que a corajosa família decidiu a bordo de seu fusca, viajar para o Brasil.

Ronny relatou que foi bastante aconselhado a se desfazer do fusca, e vir de ônibus, entretanto preferiu se aventurar com o carro da família.

Persistência 

Muitos disseram que a família não ia conseguir, que o fusca não aguentaria até o destino final, mais esperançosa, a família confiou no potencial “El Alemán” como foi batizado o veículo.

O destino de origem foi Caracas, o acesso ao Brasil foi possível através de Roraima, seguido do Amazonas e Rondônia, onde foi necessário fazer uma parada para reparar  a coifa, que geralmente dava problema.

Como se não bastassem tantos desafios, o tanque de gasolina furou.

Até então já tinham sido percorridos 3,5 mil quilômetros, e haviam se passado 18 dias de estrada.

Além do problema mecânico no fusca, a família também se deparou com o fim do dinheiro que seria necessário para chegar até o Paraná.

Em recorrência disso, a família adaptou os planos e decidiu viver em em Rondônia, até que o valor necessário para prosseguir fosse conquistado.

A família ganhava dinheiro como podiam. Venderam doces, Ronny conseguiu trabalhar em uma oficina mecânica..

Veja também: Como se organizar no período transitório de volta às aulas

Destino final da família Cardozo à vista! 

 Aos poucos o casal foi juntando o que precisava, então, após um ano de trabalho e economias, o casal conseguiu juntar o montante que faltava.

Com o Fusca em boas condições, eles viajaram mais 23 dias e rodaram aproximadamente mais três mil quilômetros.

Ao chegar no Paraná, a família Cardozo foi calorosamente acolhida por residentes de Quatro Barras, Região Metropolitana de Curitiba.

 Aos poucos, a família reconstrói uma nova vida aqui no Brasil.

 E para a alegria de todos, Ronny e a esposa já iniciaram em novos empregos, falta somente matricular as crianças em uma escola para o início do ano letivo.

 Gostou dessa história?

 Não deixe de acompanhar nosso blog, aqui temos sempre boas notícias para compartilhar com você! 

 

© 2020 Lojão 10e15, todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Conelly.